Meio&Mensagem

MASCOTES IMPOSSÍVEIS

Prêmio: Ouro
Categoria: Impacto Positivo – Marcas
Case: MASCOTES IMPOSSÍVEIS
Anunciante: MasterCard
Agência: WMcCann

Em ano de Copa América, com muitas marcas falando do assunto e investindo consideravelmente mais, a Mastercard, patrocinadora da Seleção Brasileira de Futebol, pretendia valorizar esse asset e exercitar sua proposta de marca: começar o que não tem preço.
Assim, os KPIs envolviam aumentar a percepção de patrocinadora da Seleção Brasileira e crescer no Equity da marca.

Entendemos que poderíamos usar a parceria para amplificar uma causa e efetivamente começar o que não tem preço.
Assim, chegamos ao Hospital de Amor de Barretos, importante organização de combate ao câncer infantil (causa já apoiada pela marca).
Junto à Seleção, poderíamos dar visibilidade ao seu trabalho e aumentar o interesse das pessoas.

Com isso, duas perguntas foram cruciais para os insights:
QUANDO?
Com menor investimento, precisávamos ser cirúrgicos.
Era preciso agir antes da C. América, no evento mais relevante que tivéssemos direito: o último amistoso preparatório da seleção.

COMO?
Tínhamos a chance de tornar algo que parecesse impossível em possível através do nosso patrocínio.
Chegamos aos Player Escorts (direito a trabalhar com as crianças que entram em campo com os jogadores).
Com o corpo clínico do hospital, vimos que experiências positivas fazem diferença no tratamento. Mas vimos também que, pela delicadeza do tratamento, muitas crianças não poderiam abandonar o hospital.
Poderíamos usar os Escorts de forma inédita, permitindo que essas crianças vivessem algo considerado impossível.

Assim nasceu:
MASCOTES IMPOSSÍVEIS – MASTERCARD E SELEÇÃO BRASILEIRA JUNTOS REALIZANDO O IMPOSSÍVEL

Identificamos dois torcedores mirins, apaixonados por futebol e em um momento de vida muito específico: Heytor e Keivson, pacientes do Hospital de Amor, em fase intensa do combate ao câncer e que, por isso, não poderiam deixar o Hospital.

Criamos Robôs de Telepresença para permitir que eles pudessem viver a experiência de serem Escorts.
Desenvolvemos a tecnologia, que levava câmera, microfone e tela, permitindo que ambos pudessem, mesmo do hospital, estar perto da Seleção.
Eles puderam conversar com os jogadores e comissão técnica em um treino da seleção e ainda entrar em campo na cerimônia de abertura do amistoso, lado a lado com seus ídolos e cantando o hino nacional.

Buscamos ainda ampliar a visibilidade do hospital, com conteúdos para que mais pessoas pudessem conhecer a iniciativa.

Todos objetivos da marca foram superados, mas mais importante foi o destaque ao Hospital de Amor, chegando inclusive a aumentar o número de doadores.

Agência: WMcCann
Anunciante: MasterCard
Responsável pela peça (Agência): Renata Bokel, Vice Presidente
Responsável pela aprovação (Anunciante): Sarah Buchwitz, Vice Presidente
Vice Presidente: Sarah Buchwitz, Mastercard
Diretor de marketing: Leandro Simões, Mastercard
Gerente de marketing: Manoela Mauro, Mastercard
Vice Presidente: Renata Bokel, WMcCann
Diretor de Planejamento: Acauã Bonifácio, WMcCann
Gerente de Planejamento: Fernando Birche, WMcCann
Diretor de conta: Tom Gil, WMcCann
Diretor de criação: Alexandre Prado, WMcCann
Diretor de arte: Francisco Oliveira, WMcCann
Redator: Felipe Lermen, WMcCann

Patrocínio

Apoio

Realização